Minoxidil oral: quem pode utilizá-lo e como fazer isso?

O minoxidil, se tornou uma das melhores alternativas, para aquelas que desejam concertar falhas nos cabelos, ou até mesmo fazê-lo crescer de maneira mais acelerada em algumas áreas. No entanto, muitas mulheres pensam, que ele pode ser aplicado somente de maneira direta no couro cabeludo. Mas diferente do que elas pensam, esse medicamento pode ser consumido via oral provocando um aumento no crescimento de pelos. Para você que está curiosa sobre esse uso um tanto desconhecido, iremos falar tudo sobre o minoxil oral, e como utilizá-lo de maneira segura.  

Mas antes, pare e pense: Por que utilizar um produto que pode causar efeitos adversos no seu corpo, se existe uma forma segura de se fazer o cabelo crescer, consumindo apenas ativos naturais? É isso mesmo, uma equipe de cientistas conseguiu desenvolver uma fórmula revolucionária, capaz de fazer com que os cabelos cresçam de maneira acelerada, mas ainda assim, segura. 

Essa fórmula está presente nas cápsulas BeautVip Hair, que são capazes de acelerar em até 6x o crescimento capilar. Mas diferente de outras cápsulas de crescimento capilar presentes no mercado, as cápsulas da BeautVip são capazes até mesmo de fazer com que as unhas cresçam, e a pele se torne macia e sedosa. Mas caso você ainda esteja curiosa a respeito do Minoxidil oral, vamos direto ao ponto: 

Minoxidil oral: efeitos colaterais e como ele surgiu 

O minoxidil oral possui alguns efeitos colaterais, que precisam ser listados.

Não, o minoxidil não é uma fórmula tão atual, já que começou a ser utilizada, ainda na década de 70. No entanto, diferente do que muitos pensam, o seu uso inicial, era oral, e não aplicado diretamente na pele ou no couro cabeludo. Assim como diversos outros ativos e medicamentos, inicialmente o minoxidil oral era utilizado para outros fins, até que se descobriu outros efeitos que ele era capaz de causar no corpo humano.  

Pessoas com pressão arterial alterada, faziam o uso dessa fórmula, mas começaram a apresentar um crescimento acelerado de pelos pelo corpo, principalmente na cabeça. Por isso, cientistas descobriram que ele era capaz de fazer com que os cabelos cresçam em áreas específicas, se aplicado diretamente nela.  

O seu uso tópico (diretamente na pele) rapidamente passou a ser indicado, principalmente por que o minoxidil oral, poderia fazer com que os pacientes apresentassem quedas de pressão ou retenção de líquidos, o que não era nada desejável por nenhum deles. Mas assim como o uso diretamente no organismo, usar o minoxidil na pele, também pode fazer com que as pessoas apresentem efeitos adversos, como irritação cutânea ou alergia.  

  Aprenda a evitar as famosas pontas duplas

Porém, como a ciência está sempre avançando, cientistas conseguiram desenvolver uma forma de utilizar o minoxidil oral, evitando os seus efeitos colaterais mais agressivos, como os citados logo acima.  

Como funciona o minoxidil oral? 

Antes que você passe a fazer o uso dessa fórmula de forma oral, devemos te explicar, para quem esse tratamento é indicado. Caso você tenha apresentado sintomas, como irritação no couro cabeludo (ou em outras partes do corpo), devido ao uso tópico do minoxidil, saiba que o seu consumo via oral pode te ajudar a acelerar o crescimento capilar.  

Pessoas que tiveram seus cabelos endurecidos pelo uso tópico do minoxidil, também podem aderir ao minoxidil oral. Caso você tenha oleosidade em excesso no couro cabeludo, ou alguns outros problemas mais sérios nessa região, o uso oral do minoxidil também é uma ótima forma de fazer com que os seus cabelos cresçam com segurança.  

Para você que deseja usar o minoxidil oral, saiba que nas primeiras semanas, ele pode gerar um efeito contrário, fazendo com que os fios caiam de maneira mais acelerada. Isso acontece, por que ele acelera a queda dos fios que já iriam cair de maneira natural, mas ao mesmo tempo promovendo um crescimento dos fios que ainda estão para nascer. Esse efeito de queda, pode não ser tão perceptível em outras pessoas, por isso é necessário um acompanhamento médico antes, durante e depois do uso do minoxidil oral. 

  Como matizar o cabelo loiro: Veja dicas

O folículo capilar, pode demorar até 3 meses para liberar alguns fios novos, mas com o uso do minoxidil oral, esse tempo pode se encurtar e muito. Não existe um tempo pré-determinado para cessar a utilização dessa fórmula, já que isso pode variar de situação para situação. O minoxidl não promove nenhum tipo de “cura”, e por isso, após um período sem a sua utilização, os efeitos que ele produziu irão gradativamente desaparecer.  

O minoxidil oral, deve ser utilizado constantemente para que continue gerando resultados no cabelo.

O minoxidil oral, só pode ser prescrevido por um médico especilizado por cardiologia, e somente para pacientes que não possuem problemas cardíacos, de pressão, doenças renais, doenças no fígado e grávidas. Lembre-se sempre, que a automedicação é algo totalmente perigoso, e por isso você deve evitá-la, mesmo que você não apresente nenhum dos quadros citados à cima.  

Esperamos que você tenha entendido tudo sobre o uso do minoxidil oral. Aqui no blog já listamos o uso do minoxidil no cabelo, e por isso vale a pena dar uma olhada. Até a próxima!