Quanto tempo dura a queda de cabelo pós parto

Entre os recém-nascidos, muitas mães recém-nascidas começam a notar um aumento na queda de cabelo nos primeiros meses de vida.

Embora isso possa ser relevante para a maioria das pessoas, o fluxo telógeno pós-parto é completamente normal e fisiológico.

No entanto, as mães devem ficar atentas à duração da doença, pois a queda de cabelo pós-parto costuma durar apenas alguns meses, o que é muito importante.

Durante este período, a queda repentina na concentração de progesterona e estrogênio afetará o ciclo de vida dos fios e fará com que eles se tornem quebradiços e fracos.

Além disso, em mulheres submetidas à cesariana, o uso de pressão cirúrgica e medicamentos nas articulações após a cirurgia.

Durante a anestesia pode causar reações internas e piorar o quadro. Embora seja considerado uma coisa completamente normal.

É importante estar atento à quantidade de cabelo perdido todos os dias e ao curso da doença e procurar ajuda médica se necessário.

Sabendo disso, separamos algumas informações importantes sobre o assunto para que você possa entender melhor como atuar nesta situação.

Quando a queda de cabelo no pós-parto se inicia?

A partir do terceiro mês após o nascimento do bebê, o cabelo geralmente cai mais do que o normal, mas algumas mulheres aparecem ainda mais cedo.

Isso porque quando o couro cabeludo sofre certo tipo de dano, ele não se exterioriza imediatamente e leva meses para o cabelo suportar o problema.

Quanto tempo dura?

Na maioria dos casos, a duração da queda de cabelo pós-parto é de cerca de 3 meses. No entanto, desta vez e a gravidade do problema diferiram para cada mulher e corpo.

Qual a média de fios perdidos durante o pós-parto?

As mulheres no pós-parto perdem 30% de todos os cabelos, e a diferença entre os cabelos pode chegar a 50%. Devido ao ciclo de vida dos cabelos, uma adulta costuma perder 100 fios por dia.

  Como pintar o cabelo de azul? Aprenda aqui!

Enquanto uma puérpera pode perder até 500 fios por dia, independente do despertador. Porém, se o problema o incomoda ou você acha que perdeu muito.

É importante procurar ajuda médica para investigar o problema e tentar diminuir a queda.

Como evitar a queda de cabelo no pós-parto?

Para manter o cardápio diversificado, recomenda-se não repetir o almoço na hora do jantar. E fazer refeições diferenciadas para garantir maior variedade e teor de nutrientes.

Nesse período, é importante investir nos seguintes alimentos:

Ferro: feijão, carne vermelha, espinafre, beterraba e coentro;

Proteína: carnes, ovos, leite e laticínios em geral;

Zinco: castanha do Brasil;

Vitamina A: espinafre e cenoura crus.

Uma opção que ajuda a aumentar a ingestão desses alimentos durante o dia são vitaminas e sucos para cabelos saudáveis.

Um exemplo é 1 cenoura, 1 maçã e 1 colher de suco de castanha ralada.

Você também pode misturar vitaminas em um liquidificador com alimentos ricos em proteínas (como leite ou iogurte natural).

  O que fazer para o cabelo parar de cair e encher?

Frutas ricas em vitaminas (como mamão, cenoura, laranja e castanha do Brasil) que são bons para o cabelo.

Essas nozes não só podem mantê-lo satisfeito por mais tempo e se beneficiar da fibra de nozes, mas também ajudam a controlar a queda de cabelo.

Use produtos para cabelos frágeis

O shampoo sem sulfato, ou seja, o shampoo sem sulfato, é o mais adequado para essa fase porque o cabelo ficará mais quebradiço e frágil.

Embora os sulfatos sejam um ingrediente de limpeza profunda, eles geralmente acabam erodindo o cabelo, especialmente quando o cabelo está fragilizado.

Nessas circunstâncias, o ideal é investir em cosméticos capilares para queda de cabelo, que, além de controlar a queda. Também contribui para o crescimento de novos cabelos.