Implante capilar feminino: Entenda mais sobre e quando é indicado

Muitas mulheres sofrem a queda de cabelos e isso as aterroriza, é muito importante que caso esteja sofrendo de queda capilar primeiro entender a causa e segundo procurar um tratamento para seus fios, mas quando as coisas já estão bem avançadas, a mulher pode estar optando por um implante capilar feminino.

Caso esteja sofrendo de queda capilar, você pode estar utilizando a Beautvip Hair que previne a queda de cabelo em até noventa e sete por cento, além de fortalecer seus fios, hidratar e funcionar como um cronograma capilar, também sela as cutículas dos fios e dá ainda mais brilho e maciez para os cabelos.

Infelizmente a queda de cabelo é um problema muito recorrente que pode aparecer tanto em mulheres quanto em homens, porém o público feminino é o que se preocupa e se espanta quando os fios começam a cair excessivamente. Existem muitas formas de tratamento para a calvície, mas o único que realmente será eficaz e trará resultados é o implante capilar feminino.

A causa da calvície nas mulheres

Saiba as causas da queda de cabelo nas mulheres.

Antes de sabermos mais sobre  o implante capilar feminino, é interessante entendermos os tipos de calvície feminina e as suas principais causas, e com isso podemos estar tirando algumas dúvidas sobre o assunto. Importante ressaltar que as vezes a queda dos fios pode estar associada a fatores genéticos.

  Fortalecimento de unhas fracas e quebradiças

O que faz com que os cabelos da mulher caiam é diferente da causa dos homens, pois para eles a testosterona é o principal problema e causa dessa queda. Mas as mulheres as alterações de hormônios podem sim manifestar a queda de cabelo.

Na menopausa, os níveis de estrógeno estão se modificando e os fios tendem a cair com mais intensidade e frequência. Porém, mesmo que isso possa ser uma causa, ainda sim, a causa mais comum da queda dos fios é a genética. A seguir vamos falar mais sobre eles antes de entrarmos no tópico de implante capilar feminino.

  1. Genética: como já havia comentado, muitas mulheres da calvície por questões genéticas de seus parentes que são próximos e já tiveram esse problema ou os pais, é muito comum que essa queda seja transmitida de pais para filhos então é bom verificar essa possibilidade.
  2. Hormonal: como também já havia comentado, após a menopausa é muito comum que os fios caiam. Isso ocorre pois há uma mudança brusca na produção hormonal.
  3. Maus hábitos: ter hábitos ruins como alimentação pobre em nutrientes e fumar aumenta os riscos da calvície feminina.
  4. Uso de medicamentos: remédios que são usados para tratamentos como antidepressivos, tratamento de câncer, betabloqueadores e anticoagulantes tem como efeito colateral a queda capilar. Lembrando que é uma condição temporária e que depois volta a crescer os fios assim que o tratamento acaba.
  5. Síndrome do ovário policístico: afeta o crescimento capilar pois essa doença faz com que os hormônios andrógenos sejam produzidos mais que o normal.
  6. Estresse: é uma causa que a maioria das mulheres passam, estresse muito alto pode resultar na queda capilar durante alguma crise ou após alguns meses.
  7. Doenças autoimunes: prejudicam o crescimento dos fios causando a queda capilar pois elas fazem com que o sistema imunológico ataque os folículos capilares.
  Entenda mais sobre o tratamento feito de ozônio para estrias

Porém, caso note que além da queda de cabelos, também estão aparecendo sintomas como a acne muito grave, ciclo menstrual muito irregular e o crescimento anormal dos pelos, é preciso que procure um médico para que ele faça um diagnóstico preciso do problema. 

Ou seja, qualquer dúvida que você possa estar tendo sobre o assunto e parou por aqui porque está com alguns desses sintomas, procure um médico para que ele te indique com precisão sobre o assunto e te dê um diagnóstico mais preciso sobre. 

Implante capilar feminino: como funciona

Veja como funciona o implante capilar.

O implante capilar feminino está muito avançado graças à tecnologia e assim permitindo mais procedimentos acessíveis, rápidos e naturais para combater a queda dos fios. Porém o implante capilar feminino é uma solução cirúrgica, ou seja, definitiva para o problema, e os resultados do implante capilar feminino são muito satisfatórios para a vida.

Trata-se de um procedimento que visa retirar os fios das áreas com mais cabelos para que assim cubra as áreas com falhas. A área de onde se retiram esses fios é chamada de doadora, sendo assim a receptora de onde os fios são implantados. Veja a seguir duas técnicas que podem ser usadas para o implante capilar feminino:

  Como fortalecer o cabelo depois de descolorir: aprenda como fazer

Técnica FUE

Essa técnica é mais moderna e significa Follicular Unit Extraction, nesse procedimento é feito sem cortes e as unidades doçuras que serão retiradas como a área doadora, são retiradas com micro punches. E é dessa maneira que o método evita a formação de alguma cicatriz linear e também não deixa marcas aparentes. 

Técnica FUT

Significa Follicular Unit Transplantation e é uma técnica que consiste em uma faixa do couro cabeludo que é removida. Logo depois são selecionadas as unidades foliculares que serão implantadas na área denominada receptora.