Oleo de rosa mosqueta: Conheça as propriedades e benefícios

A saúde de pele tem interferência direta na nossa autoestima, não é mesmo? O mercado de cosméticos tem mudado muito e as vezes, na hora de comprar, a gente acaba não sabendo qual produto é melhor, os seus benefícios ou como usá-los. Nisso, a internet tem sido nossa aliada, pois é assim que encontramos as finalidades de cada produto e as vezes até descobrimos outras receitas caseiras que podem ter o mesmo resultado e um valor menor. Hoje vamos conhecer o oleo de rosa mosqueta. Um produto pouco conhecido, mas com propriedades incríveis.

Outro produto que não vai te deixar na mão quando o assunto é cuidado é a BeautVip. Já é conhecida pelas blogueiras e se destaca pelo resultado maravilhoso. A cápsula vai cuidar da sua pele deixando-a muito mais saudável e ainda trata a queda e a quebra do cabelo. Já a Beautvip Cel é um gel para o corpo que vai tratar as celulites acabando com o aspecto casca de laranja.

O que é o oleo de rosa mosqueta

Saiba o que é e para que serve

O oleo de rosa mosqueta é um produto extraído das sementes da rosa mosqueta. Existem mais de 70 espécies desta planta e ela é conhecida por ser rica em vitaminas, minerais como o potássio, cálcio e magnésio e ácidos graxos poli-insaturados e ômega 3.

  Sapato branco: saiba mais sobre essa tendência

A composição do oleo vai depender muito da espécie de rosa mosqueta que foi utilizada, mas os nutrientes presentes no mesmo são ótimos antioxidantes, por isso é muito usado na pele. Assim como outros oleos vegetais, também usados em benefício da pele, o oleo de rosa mosqueta é um excelente hidratante e rejuvenescedor.

Como usar o oleo de rosa mosqueta?

Podendo ser usado com várias finalidades, o oleo de rosa mosqueta pode estar presente em alguns cosméticos de tratamento de pele ou cabelo.

Hidratação da pele

Por ser de origem vegetal, o oleo de rosa mosqueta é mais utilizado na hidratação da pele e também contribui com a regeneração dos tecidos da cútis. Usado apenas duas vezes por dia, poder ser usado antes do protetor solar e a noite, pouco antes de dormir. Aplique e massageie a pele para ajudar na penetração do oleo.

Clarear manchas

Não é comprovada a eficiência do oleo de rosa mosqueta como clareador de manchas, porém, devido às várias propriedades antioxidantes, ele pode sim contribuir no clareamento manchas superficiais. Você deve ficar atento ao uso e sempre passar protetor solar após a aplicação do oleo para evitar danos a pele.

  Reconstrução capilar: passo a passo de como fazer

Tratamento de estrias

O ponto mais importante no tratamento de estrias é a hidratação da pele. Por isso, o oleo de rosa mosqueta pode ajudar muito nesse caso, principalmente se as estrias ainda estiverem avermelhadas.

Tratamento de queimaduras

Tratamentos feitos com o oleo de rosa mosqueta

Alguns estudos apontam que os resultados do tratamento de queimaduras com o oleo de rosa mosqueta são positivos, no entanto, pode não ser tão eficaz como produtos apropriados. Use de duas a três vezes ao dia. Proteja a região.

Tratamento e prevenção de rugas

A ação antioxidante do oleo, pode ajudar na prevenção e tratamento das rugas pois evita a degeneração do colágeno e fibras elásticas da pele. Ainda é um excelente hidratante e mantem a pele saudável.

O oleo de rosa mosqueta pode ser usando puro na pele?

Para evitar queimaduras e outros danos, é indicado que o uso do oleo puro seja feito apenas durante a noite. Pessoas com a pele mais oleosa devem evitar a aplicação do oleo puro e em grandes quantidades pois a tendência é aumentar a produção de oleo da pele.

Para ser usado no corpo, você pode optar pelo uso misturado a um hidratante e usar poucas vezes ao dia e em quantidades menores que o normal. Já para o rosto, prefira produtos que tenham o oleo em sua composição, por usar produtos muito pesados na pele pode fazer com que ela fique oleosa demais.

  Tipos de cabelo ondulado

No cabelo

O oleo vai contribuir com a reposição de nutrientes e vitaminas, dando mais vida e brilho ao cabelo. Você pode usá-lo como pré-shampoo, aplicando nos fios secos antes da lavagem, a fim de proteger o cabelo de possíveis agressões causadas pelo shampoo.

Você também pode colocar algumas gostas no hidratante ou como complemento de misturinhas caseiras. Aplique com o cabelo lavado, mecha a mecha, enluvando-as. Deixe agir conforme o que se pede na embalagem e então enxague e finalize como de costume. Use na umectação. Passe o oleo por todo o cabelo e deixe agir durante a noite. Lave como preferir pela manhã, logo que acordar, para evitar que o cabelo tome sol.

Lembre-se

Sempre que fizer uso de oleos, seja no cabelo ou na pele, aplique um protetor próprio em seguida. O oleo pode beneficiar a saúde de sua pele e dos fios, mas se não usado de forma correta, pode danificá-los. No caso do cabelo, não use modeladores térmicos, do contrário, você pode estar fritando o seu cabelo, então o efeito será contrário ao desejado.