Dormir com óleo no cabelo faz mal? Saiba a resposta nesse artigo!

Atualmente, conseguimos descobrir diversas receitas caseiras que promete deixar os nossos fios mais bonitos e hidratados, como é o caso da umectação. No entanto, pode ser que você se pergunte se dormir com óleo no cabelo faz mal ou se traz benefícios. Isso e muito mais você vai descobrir nesse artigo.

Uma maneira simples e eficiente de manter as madeixas sempre saudáveis é utilizar o BeautVip Hair, uma vez que ao mesmo tempo em que ele proporciona o crescimento dos fios, deixa-os mais hidratados, nutridos, brilhosos e selados.

Mas se você quer aliar o tratamento em cápsula com algum outro procedimento, como a umectação, primeiro você deve saber se dormir com óleo no cabelo faz mal. Para conferir a resposta dessa e outras perguntas, é só continuar nesse artigo.

Dormir com óleo no cabelo faz mal?

Não é raro encontrar receitas com óleo vegetal que recomendam fazer o seu uso à noite e remover apenas no dia seguinte, pela manhã. Porém, ao mesmo tempo que há mulheres que notam efeitos positivos, tem outras que dizem não notar coisas tão positivas assim.

  Tonalizante para cabelo: Como usá-lo

E essa é uma das principais razões pelas quais as mulheres se questionam se dormir com óleo no cabelo faz mal. Na realidade, para compreender essa questão, é preciso analisar alguns pontos.

Quando falamos de óleo no cabelo, é fundamental que você entenda que nem todos podem ser aplicado nas madeixas. Infelizmente, algumas acabam deixando o óleo de cozinha no cabelo durante toda a noite, e obviamente isso irá fazer mal.

Você pode sim dormir com óleo no cabelo, mas desde que utilize um próprio para hidratação e nutrição capilar. A umectação noturna em si, não possui nenhum risco, mas desde que você realize esse procedimento da maneira correta.

Qual óleo devo usar no cabelo?

Apenas os vegetais, nunca o óleo de cozinha ou similares. No entanto, é preciso manter atenção em uma outra questão. Ao comprar um óleo vegetal, sempre fique de olho no rótulo para saber todos os componentes.

Isso porque, caso haja qualquer resquício ou adição de silicone ou outros minerais, não recomendamos o seu uso. O óleo para o cabelo deve ser 100% vegetal, sem nenhum outro componente.

Dormir com óleo no cabelo faz mal
Dormir com óleo no cabelo faz mal?

Claro que se você utilizar o óleo de rícino, por exemplo, ele terá alguns minerais. Porém, é algo natural do óleo, e não uma adição. O que estamos falando é apenas para você evitar utilizar óleos que levam adição de um componente que não é intrínseco ao próprio óleo.

  Cacheado curto com luzes: veja mais sobre essa tecnica

Como devo usar o óleo no cabelo para dormir?

Para dormir com óleo no cabelo, e garantir que você não terá problemas, é fundamental que você realize esse procedimento da maneira adequada. Primeiro de tudo, como o óleo irá agir por toda a noite, é importante que você não misture com outro produto.

Algumas pessoas, para potencializar o resultado, acrescentam alguma gotas de óleo na máscara de hidratação, por exemplo, mas isso está errado. Afinal, o tempo de ação da máscara é uma, e o do óleo, outra.

Como devo usar o óleo no cabelo para dormir
Para usar o óleo no cabelo enquanto dorme, você não pode misturá-lo com qualquer outro produto.

Fora isso, você pode usar qualquer óleo vegetal para cabelo, mas desde que ele seja o adequado, sem adição de outros componentes. Ou seja, 100% puro. Sabendo disso, a maneira de aplicação é a seguinte:

  1. À noite, antes de dormir e com os cabelos sujos, espalhe o óleo vegetal da sua preferência em todo o cabelo;
  2. Geralmente, recomenda-se que você dê uma atenção especial à raiz e as pontas, que frequentemente são as que mais necessitam;
  3. Aplique mecha a mecha, para garantir que todo o cabelo receberá o óleo;
  4. Envolva algum tecido ou touca no cabelo para evitar sujar o seu travesseiro;
  5. Ao acordar, levanta-se e lave o seu cabelo logo pela manhã, em água fria ou morna;
  6. Utilize um shampoo e condicione para remover todo o óleo dos fios;
  7. Deixe secar naturalmente e finalize como de costume.
  Cortes para cabelo comprido: Saiba quais fazer e suas vantagens

Enquanto o óleo estiver no cabelo, ele irá hidratar e criar uma camada protetora aos fios, fechando as cutículas e fazendo com que a hidratação seja retida por mais tempo. Então, recomenda-se fazer esse procedimento a cada 15 dias ou uma vez no mês, dependendo do quão danificado estão os seus fios.

Ademais, é fundamental que você lave pela manhã com água morna ou fria. Pois, como falamos, o óleo ajuda a selar as cutículas. No entanto, se você molhar os fios em água quente, a cutícula tornará a ser aberta e você terá feito a umectação noturna em vão.