Couro cabeludo ressecado: Saiba como identificar e quais os tratamentos

A gente se preocupa muito em manter os cuidados com os cabelos, não é mesmo? Mas e o couro cabeludo, você se lembra dele também? Ele também precisa de cuidados assim como os fios, ou talvez até mais. Um couro cabeludo saudável irá provir fios fortes, resistentes e com um crescimento melhor. Além de causar danos aos fios, o couro cabeludo ressecado pode trazer desconfortos como coceiras, caspas e irritações na nossa cabeça.

Couro cabeludo ressecado
Você saberia identificar um couro cabeludo ressecado? E, se souber, sabe qual a forma mais indicada para tratar esse problema? Essas e outras informações você vai conferir no decorrer desse assunto. Confira!

Sabe o que pode te ajudar com esse problema? O BeautVip Hair! Esssa cápsula poderosa contém componentes que fazem milagres nos cabelos, pele e unhas e tem se tornado a queridinha entre as estrelas por causa das várias vitaminas e nutrientes presentes em sua fórmula exclusiva. Nem preciso dizer mais nada, né?! Essa cápsula é divina!

Se você sofre com couro cabeludo ressecado, madeixas sem vida, fracas e opacas, não há dúvidas de que essas cápsulas irão reverter o seu problema! Isso porque ela foi formulada especialmente em repor os nutrientes essenciais à saúde dos nossos fios, e a cada dias mais as famosas estão procurando essas cápsulas!

O que é o couro cabeludo ressecado?

O couro cabeludo possui óleos naturais que são produzidos com a intenção de protegê-lo, mas por diversas razões, essa proteção pode ficar comprometida, diminuindo a produção desses óleos e prejudicando-o, deixando o couro cabeludo ressecado e consequentemente, fios sem vida. Além disso, pode gerar desconfortos como a coceira e em casos extremos, pequenas feridas.

O couro cabeludo ressecado pode ter várias razões como shampoos inapropriados, estresse, falta de cuidados com os cabelos, excesso de calor, pele seca ou até mesmo fatores genéticos. Alergias a produtos capilares ou frio e tempo seco também podem contribuir com o ressecamento. Certifique-se também se as glândulas sebáceas estão saudáveis e produzindo óleos consultando um especialista.

Como saber se  estou com o couro cabeludo ressecado?

Não é difícil. Além da coceira, é perceptível um “repuxamento” e a irritação que pode causar ardência. Os fios também entregam esse problema quando ficam sem ressecados e sem brilho. Pode também ocasionar a queda capilar, quebra e descamação (que muitas vezes é confundida com a caspa).

Como cuidar do couro cabeludo ressecado

Antes de qualquer tratamento, você precisará descobrir a causa do problema. Após descobrir, vamos agir encima do problema para acabar de vez com o couro cabeludo ressecado. O primeiro passo é atentar-se sobre os tipos de shampoos e quais são indicados para os nossos fios. E depois, não é necessário lavar os cabelos todos os dias, principalmente se você já tem uma tendência a ter pele e cabelos secos.

Como cuidar do couro cabeludo ressecado
Você sabe como cuidar e hidratar o couro cabeludo? Esses cuidados são essenciais para evitar/tratar/cuidar de um couro cabeludo ressecado!

Mantenha uma rotina de hidratações (se for uma hidratação caseira ou natural, melhor ainda), evite lavar a cabeça em água quente e procure diminuir o uso de secadores, chapinhas e outros modeladores térmicos que podem trazer danos ao couro cabeludo. Veja o que pode ajudar:

  Como Colar Unha quebrada: 5 técnicas para solucionar esse problema

Umectação

Fazer umectação com óleos vegetais pode ser benéfico não só para a saúde dos fios, mas também para nutrir o couro cabeludo e “acalmar” os casos de dermatite, coceira e queda.

Shampoo sem sulfato

Existem alguns shampoos que não contam com a adição de sulfatos, já que estes são grandes agressores aos nossos cabelos e contribuem com o couro cabeludo ressecado. Usar shampoos sem sulfatos vai limpar os fios e permitir que os óleos naturais continuem sendo produzidos de maneira saudável.

Use argilas

O uso de argila nos fios traz grandes benefícios à saúde do nosso cabelo, mas também ao couro cabeludo. Ela remove células mortas fazendo um detox capilar e ativando a circulação sanguínea.

Massageie

Massagear o couro cabeludo estimula a circulação sanguínea, assim contribuindo com a saúde do couro cabeludo e o crescimento dos fios

Beba água

É gente! Bebam água frequentemente. A água contribui sim com a saúde do seu couro cabeludo. Além de essencial para manter uma dieta saudável, ela também auxilia na purificação da pele e evita o envelhecimento precoce.

  Colágeno Benefícios a pele e para que serve

Cuidados com o pH

Para saber se o pH do couro cabeludo vai bem, é necessário consultar um especialista. Apenas o dermatologista vai poder avaliar a situação e indicar um bom produto para a resolução do problema. Leita os rótulos de shampoo e não use (de forma alguma) produtos que tenham o ph de 6,0 acima, principalmente se você tem o couro cabeludo mais seco.

Vale lembrar

Cuidados caseiros não substituem a consulta com um médico. O ressecamento pode ser derivado de fatores genéticos, dessa forma, o uso de qualquer produto poderá não ser eficiente. Também pode ocorrer por outros fatores e muitas vezes o tratamento caseiro não será o suficiente.