Tratamento para foliculite: descubra que é e quais as melhores formas de tratar

A foliculite é um problema muito comum em homens e mulheres. Esse problema se assemelha muito a acne e pode trazer grande desconforto para quem o tem. Mesmo sendo muito comum algumas pessoas ainda tem dúvidas sobre o assunto e buscam por cuidados caseiros e maneiras de prevenir. O tratamento para foliculite consiste em mudanças de hábito e às vezes mudanças na alimentação e ainda é possível também potencializar tratamentos de pele, e para isso a BeautVip é a escolha perfeita, pois sua pele merece o melhor.

Cuide da sua pele da melhor forma

O que é?

A foliculite é uma doença de pele comum que afeta os folículos pilosos (estruturas da pele onde os pelos nascem e crescem). É uma inflamação na raiz dos pelos que gera o aparecimento de pequenas bolinhas vermelhas que trazem consigo coceira e dor. Pode estar relacionada à transpiração, irritação da pele oclusão ou por bactérias.

Quais são as causas?

Pode ser causada por fungos, vírus, irritação na pele, barbear, oclusão e outros. Mas geralmente é provocada por bactérias como a Staphylococcus aureus (estafilococos) ou Pseudomonas aeruginosa.

  Pele com pano branco, saiba as causas e como tratar

E se você achou que a foliculite era só uma, sinto em informar, mas a ela pode ser classificada como superficial (nesse caso, o tratamento para foliculite não costuma ser necessário) ou profunda dependendo da gravidade da situação. Além disso dentro dessas duas classificações existem outros tipos de foliculite que veremos agora.

Tipos de foliculite superficial:

  • Foliculite estafilocócica: é o tipo mais comum. Geralmente causada após barbear, depilação, oclusão, ou alguns outros fatores.
  • Foliculite por pseudomonas: causada pela bactéria pseudomonas aeruginosa, geralmente surgem após banhos de hidromassagens ou piscinas com níveis de cloro e PH de desregulados.
  • Foliculite pitirospórica ou por malassezia: a foliculite pitirospórica é causada por diferentes espécies de maressezia. Surgem em circunstância da hiperidrose, aumento do sebo, ou após tratamentos com antibióticos ou corticoides.

Tipos de foliculite profunda:

  • Foliculite gram-negativa: geralmente, surge após o uso prolongado de antibióticos para acne ou para rosácea. Estes tratamentos alteram o equilíbrio normal da pele, facilitando infecções por gram-negativa.
  • Sicose da barba: é uma infecção profunda e crônica dos folículos pilosos da área da barba. Frequentemente começam aparecer no lábio superior.
  • Furúnculos e carbúnculos: ocorrem quando a porção profunda dos folículos pilosos é infectada por bactérias dando origem a lesões vermelhas e dolorosas com pus que crescem rapidamente.
  Pele flácida: saiba como prevenir e cuidar da flacidez facial

Sintomas da foliculite:

A foliculite pode durar alguns dias em caso de foliculite aguda, ou persistir durante muito tempo em caso de foliculite crônica. Quando surgem, pode-se observar pápulas inflamatórias (bolinhas vermelhas) e pústulas (bolinhas com pus), geralmente centradas em um pelo. Podem ser acompanhadas por dor, coceira e ardência.

Tratamento para foliculite:

A melhor medida a se tomar, é consultar um dermatologista, pois o mesmo poderá avaliar a gravidade e indicar um tratamento para foliculite adequado para o seu problema. Mas existem meios alternativos para ajudar quando o caso de foliculite é leve. As medidas a seguir irão ajudar a controlar o problema e melhorar o desconforto. São elas:

  • Use produtos de limpeza de pele suaves
  • Faça compressas com água morna e coloque no local afetado (seque a área em seguida)
  • Evite banhos muito quentes
  • Evite roupas muito apertadas
  • Mantenha a pele sempre hidratada
  • As zonas com foliculite não devem ser depiladas ou barbeadas
  • Não esprema as bolinhas (isso poderá acarretar problemas maiores)

Hábitos para evitar a foliculite:

Veja a seguir, as melhores maneiras de evitar a foliculite

Com certeza, não há tratamento para foliculite melhor do que evitá-lo. Pequenas mudanças no dia a dia podem ajudá-lo a evitar esse incômodo que aterroriza boa parte das pessoas. Com isso, separamos uma lista com medidas para evitar estorvo.

  • Mantenha a pele limpa e seca
  • Use protetor solar
  • Use produtos de limpeza suaves
  • Após exercícios físicos ou contato com agentes químicos, tome banho rapidamente
  • Evite roupas apertadas, como jeans, principalmente em dias quentes
  • Lave o barbeador com água fervente
  • Não use barbeadores enferrujados
  • Evite lesões na pele
  • Se possível, busque fazer depilações a laser
  • Mantenha sua pele hidratada
  • Busque por alimentos que auxiliem na beleza da sua pele
  Cuidados necessários para a sua pele no inverno

A foliculite pode ser contagiosa?

Pasmem, a foliculite pode sim ser contagiosa, sendo transmissível de pessoa para pessoa. Portanto indivíduos afetados não deverão dividir toalhas, roupas ou piscinas, assim, evitando a transmissão para outras pessoas.

Vale lembrar:

O uso de métodos caseiros não substituirá a consulta a um dermatologista. Em casos mais graves, procure um médico para melhores avaliações.