Feridas na cabeça: O que pode ser? Como tratar?

Está aparecendo feridas na cabeça, e você não sabe o que está acontecendo? É importante ficar atento a todos os sinais que o nosso corpo aponta, pois cada detalhe pode significar em algum problema do qual é necessário tratar o quanto antes. Nesse artigo nós iremos te mostrar algumas das possíveis causas dessas feridas.

O que pode ser feridas na cabeça
Notou a aparição de feridas na cabeça, mas não sabe o que pode ser? Então confira esse artigo.

As feridas na cabeça, muito mais do que um incômodo, podem ocasionar em diversas outras questões. Às vezes, por exemplo, em decorrência dessas feridas, pode acabar prejudicando o couro cabeludo e fazer com que haja queda capilar, mexendo bastante com a autoestima de algumas mulheres.

Tanto que, devido a esse fato, algumas meninas optam por tomar a cápsula vitamínica BeautVip Hair, uma vez que ela reduz em 97% a queda e auxilia no crescimento capilar. Mas, independente disso, é bom saber o que está causando as feridas na cabeça e saber como tratar.

O que pode ser as feridas na cabeça?

Primeiro de tudo, é importante destacar que apenas um profissional capacitado pode lhe dar um diagnóstico mais preciso. Sendo assim, mesmo após a leitura desse artigo, recomendamos que você procure um dermatologista, até mesmo para que ele lhe indique a melhor forma de tratar as feridas na cabeça.

Existe diversas circunstâncias que podem levar você a ter essas feridas no couro cabeludo, como folicute, dermatite, caspa, micose, psoríase ou até uma reação alérgica a algum produto químico ou outro produto cosmético novo que você esteja fazendo uso.

Como tratar as feridas na cabeça?

Isso vai depender muito do que está ocasionando as feridas na cabeça, já que para cada causa existe um tratamento específico. No entanto, há alguns procedimentos comuns que podem fazer com que o seu problema seja amenizado.

Geralmente o tratamento é feito com cuidados especiais para o couro cabeludo, já que é o principal prejudicado. Sendo assim, lavar regularmente ou evitar prender as madeixas ou utilizar chapéus com os cabelos molhados são alguns dos procedimentos padrões.

Fora isso, ainda pode ser necessário fazer uso de shampoos e pomadas apropriadas para amenizar a inflamação e auxiliar na cicatrização das feridas. Frequentemente as pomadas possuem uma base antifúngica ou corticoides, por exemplo.

Como saber o que está ocasionando as feridas na cabeça?

A melhor maneira de identificar e tratar o seu problema é consultando um especialista. No entanto, a realidade é que existe algumas coisas que podem ocasionar em eventuais feridas na sua cabeça, como por exemplo a limpeza incorreta dos seus fios.

Muitas mulheres nem sequer sabem como limpar o couro cabeludo  da maneira correta, e isso pode contribuir para a aparição de algumas feridas, além de outros maus cuidados. Fora isso, também é possível tentar descobrir qual a causa das feridas ficando de olho em quais sintomas você tem.

Afinal, se o que você tem é devido a psoríase, os sintomas tendem a possuir um padrão, tornando mais fácil identificar qual é o problema. Portanto, nos tópicos abaixo, iremos mostrar algumas das possíveis causas das feridas na cabeça.

Feridas na cabeça por foliculite

A foliculite é uma inflamação que ocorre na raiz do cabelo, e geralmente é em decorrência da infecção por alguma bactéria e fungos que naturalmente vivem na pele. Quando isso acontece, você passa a notar o surgimento de bolinhas avermelhadas, cheias de pus e que causam dor.

Na maioria das vezes, você também pode sentir certa queimação e coceira, contribuindo ainda mais para a queda capilar. Nesse caso, alguns dermatologistas orientam um tratamento com base em shampoos antifúngicos ou aplicação de algum antibiótico.

Feridas na cabeça por reação alérgica

Caso você tenha passado por um procedimento intenso de química, pode ser que as feridas na cabeça sejam em decorrência de uma reação alérgica. Sendo assim, se você utilizou alguma tintura de cabelo, produtos de escova progressiva, utilizou formol ou hidróxido de amônio, pode ser que o seu couro cabeludo responda dessa maneira.

Feridas na cabeça por reação alérgica
Se recentemente você passou por alguma descoloração ou pintou o seu cabelo, as feridas na cabeça podem ser uma reação alérgica.

Nesse caso, as lesões podem aparecer poucas horas ou dias depois do procedimento ter sido realizado. Os principais sintomas de feridas na cabeça por reação alérgica são: descamação, vermelhidão, coceira ou ardor na região afetada.

Feridas na cabeça por micose

Esse tipo de lesão acontece com mais frequência em crianças, mas mulheres adultas não estão isentas de sofrer desse tipo de ferida na cabeça. Nesse caso, os fungos atacam a haste e os folículos dos fios.

Os principais sintomas das feridas na cabeça por micose são: lesões circulares, descamação, vermelhidão ou crostas amareladas e queda de cabelo na região afetada. Para poder tratar, é importante que você vá a um dermatologista.

Feridas na cabeça por psoríase

Muita gente nem sequer sabe, mas a realidade é que a psoríase tem incidência genética. Ou seja, se você conhece algum familiar seu que já passou por esse problema, há por volta de 30% de chances de você também desenvolver.

Portanto, fora o fato de as feridas na cabeça por psoríase terem um cargo genético, ela também é uma doença crônica e inflamatória. Em alguns casos, também pode estar relacionada a alteração da imunidade.

Dentre os sintomas, pode-se citar o surgimento de manchas vermelhas e uma intensa descamação seca esbranquiçada ou acinzentada. A psoríase também pode afetar unhas e causar inchaço e dor nas articulações.